rodrigo_post_somprotagonista

Rodrigo Bragança – O Som como Protagonista

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Enquanto nossa equipe trabalhava na feitura do filme institucional para a Labordental, aproveitamos para bater um papo com Rodrigo Bragança, da Argila Produções Musicais. Uma empresa formada por ele e pelo sócio Joaquim Vasconcellos – o Quim –, que se conhecem desde os tempos da juventude, passando pela formação de bandas importantes do cenário independente (“Como a Maskavo Roots, de música reggae, que o Quim formou junto de outros músicos em Brasília”), a Argila possui, nas palavras de um de seus criadores, “o conceito de moldar o som e a música.”  “É como se pegássemos a música, ou o som, com as mãos, trabalhando-os e dando toda a atenção e o cuidado que merecem para se chegar a um resultado perfeito, daí essa metáfora com a argila”, explica Rodrigo, um mineiro de Belo Horizonte que concedeu essa entrevista em uma tarde de outono ensolarada na capital paulista, nos estúdios da Argila em Perdizes.

Para o filme da Labordental – chamado O Sorriso nos Conecta, que será apresentado no evento de 40 anos da empresa agora em junho de 2017 –, a ideia foi a mesma: “Peguei todas as referências que o Emanuel (Mendes, diretor e owner da Sincronia) me passou, e que curiosamente eram todas referências do cinema, da música aos ruídos do sound design, e os trabalhei de acordo com a minha experiência – valorizando o som ao ponto de torná-lo um protagonista. Muitas vezes o ator não é o protagonista; muitas vezes transformamos o som no “ator principal” de uma narrativa.”

Confira o bate-papo com Rodrigo abaixo:

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.